Sif Top Dicas 8 curiosidades sobre Recife que você precisa saber antes de ir à cidade

8 curiosidades sobre Recife que você precisa saber antes de ir à cidade



Amante de uísque, terra dos baobás e título de maior bloco de Carnaval do planeta: conheça mais sobre Recife.

Um dos principais destinos do Nordeste brasileiro é a capital pernambucana, Recife. O clima quente e as belas praias são alguns dos atrativos da cidade, que também se destaca pela cultura, gastronomia e hospitalidade. 

Mas o quanto de sua história você conhece? Antes de comprar uma passagem de ônibus para Recife, vale a pena conhecer algumas curiosidades relacionadas ao município.

Capital pernambucana? Nem sempre

Recife é a capital estadual brasileira mais antiga de todas, tendo sido fundada em 1537 na foz dos rios Beberibe e Capibaribe. Os brasileiros conhecem a cidade como a capital de Pernambuco, mas esse posto nem sempre foi fixo.

Houve períodos na história em que ela perdeu essa posição para a cidade vizinha, Olinda. Essa mudança aconteceu durante a invasão holandesa na região, que durou de 1630 a 1654 e ocasionou a alteração da capital da província.

Batizada por motivos naturais

O nome da cidade de dá por conta dos arrecifes presentes na costa, parte da bela paisagem natural do lugar. A palavra vem do árabe ar-raçif, que tem o significado de caminho, pavimento, molhe ou caminho de pedras.

Maior bloco de Carnaval do planeta

O Carnaval é uma festa que domina as ruas de todo o Brasil, principalmente em cidades como Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Mas é Recife que detém o recorde de maior bloco do mundo, o tradicional Galo da Madrugada. A marca é reconhecida pelo Guinness Book desde 1994.

Anualmente, estima-se que ao menos 2,5 milhões de foliões se divertem na realização do bloco. Uma quantidade milhares de vezes superior ao primeiro ano do bloco nas ruas, em 1978, quando reuniu 75 pessoas.

Primeira sinagoga da América 

A presença dos judeus em Recife no passado era notória, sobretudo nos séculos XVI e XVII. Por isso, fundaram na capital a primeira sinagoga de toda a América, com o nome de Kaha Zur Israel, em 1637. Hoje, o edifício é um museu que abriga o Arquivo Histórico Judaico de Pernambuco.

Amante do uísque

Se você procura um lugar que aprecia uma bebida forte como o uísque, Recife é o destino ideal. A cidade é considerada a que mais consome o uísque Johnnie Walker no mundo, segundo apuração da revista Whisky Magazine. Considerando as demais marcas, a capital consome mais de 2 milhões de litros por ano.

Lar de Clarice Lispector

Reconhecida mundialmente, a escritora Clarice Lispector é um dos maiores nomes da literatura brasileira. Ela veio da Ucrânia ainda criança e sua família morou em Recife, no entorno da Praça Maciel Pinheiro, localizada no bairro da Boa Vista. Hoje, ela é um dos grandes orgulhos culturais da cidade.

Pioneira

Além de ser a capital estadual mais antiga, Recife coleciona outros feitos pioneiros na história brasileira. Ela foi palco da construção da primeira ponte em solo nacional, além da primeira fábrica de cerveja, do primeiro Observatório Astronômico e do primeiro Jardim Botânico.

Terra dos baobás

Os baobás são nativos da ilha de Madagascar, das savanas da África, da Austrália e da Índia. Essas gigantescas árvores, que podem viver milhares de anos, desenvolvem-se sobretudo nas regiões da linha do Equador.

Por isso, não é de se surpreender que elas puderam crescer facilmente em Recife. A capital é a cidade que mais possui baobás fora do continente africano. É possível encontrar exemplos delas em diferentes pontos da cidade, como as das Graças, do Fundão, da Praça da República e do Poço da Panela.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TopBack to Top