5 passos para tornar sua empresa mais inclusiva

Cada vez mais os consumidores procuram empresas que adotam medidas inclusivas em seus processos seletivos. Ainda mais, a cultura toda da empresa deve ser inclusiva. Muito disso significa que os clientes querem ser representados ou ver representatividade nas marcas que consomem.
Isso significa promover ações de inclusão de pessoas negras, com deficiências, top travesti e muitos outros tipos de pessoas que ainda precisam ser mais incluídas no mercado de trabalho.
Promover a diversidade em sua empresa significa ter colaboradores de diferentes raças, sexo, idade, formações e outras características variadas. Ou seja, é promover um espaço de trabalho com variação demográfica.
No entanto, não é necessário apenas abrir processos seletivos para abarcar a inclusão em sua empresa. Também significa acolher e respeitar todas as diferenças das pessoas.
A diversidade em uma empresa só ocorre quando toda a equipe eleva o potencial da empresa e contribui para resultados positivos de forma natural, respeitando toda a diversidade.
Entenda 5 passos para tornar sua empresa mais inclusiva.

1 – Entenda a diversidade de sua empresa

Você pode nunca ter parado para analisar se existe diversidade em sua equipe. Como primeiro passo, realize esse mapeamento. Entenda se cada setor é composto por uma variedade de pessoas diferentes ou se os grupos são mais homogêneos. Também entende o motivo de contratação desse perfil de pessoas.
2 – Estabeleça metas focadas em inclusão

Depois de mapear o perfil da equipe de sua empresa, você pode estabelecer metas de contratação focadas em inclusão. Uma ferramenta recomendada é o People Analytics. Ela serve para coletar e mensurar dados sobre seus colaboradores.
3 – Repagine a cultura organizacional

Como já foi dito, não é preciso apenas contratar pessoas mais diversas em sua empresa. Os colaboradores que já trabalham na corporação precisam aceitar e respeitar os novos membros da equipe. Por isso, realize ações que estimulem uma boa convivência e uma cultura de tolerância.
Isso ajuda a reduzir conflitos internos e melhora o trabalho em equipe, que é fundamental para manter a produtividade alta.

4 – Ofereça um treinamento para os líderes

Mudar a cultura da empresa para trazer mais diversidade também significa treinar os líderes para que eles sejam exemplos para os subalternos. Os líderes precisam estar abertos às mudanças, além de serem flexíveis e humanos. Dessa maneira, é mais fácil mudar a cultura corporativa.
5 – Mude os processos seletivos

Depois de trabalhar a inclusão internamente na empresa, é hora de contratar pessoas diversas. Dê mais atenção aos processos seletivos. Comece a contratação de pessoas com perfil diferente, sem preconceitos e dispostas a atuar em um local de trabalho com mais diversidade.
Outro ponto é contratar pessoas com formações em diferentes faculdades, com realidades econômicas e perfis diversos. É hora de pensar em uma equipe mais heterogênea e em perfis de profissionais que ainda não existam na empresa.
Esses são apenas os primeiros passos para criar uma empresa mais inclusiva. Como foi mencionado, não basta uma mudança no recrutamento e seleção. É necessário mudar a cultura corporativa para estabelecer um local de trabalho heterogêneo e também produtivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *